Arquivos do Blog

Justin Timberlake, o novo rei do pop

20131003-215227.jpgJustin Timberlake ficou seis anos sem fazer música. Nesse período, ele fez participações em algumas músicas de amigos e se dedicou bastante à carreira de ator, que também desempenhou bem. Só que o negócio de Justin é mesmo no palco. Bastou vê-lo um minuto no Rock in Rio para eu ter certeza de que ele é o cara, o posto de rei do pop agora é dele. Não que eu esteja o comparando a Michael Jackson, que tem seu lugar muito bem guardado na história da música e nunca será substituído, mas não há ninguém como JT no mundo pop atualmente. Leia o resto deste post

Anúncios

Rock in Rio 2013: Funk salva o show de Beyoncé

imageEu não pensei que fosse dizer isso alguma vez em minha vida, mas o show de Beyoncé no Rock in Rio foi decepcionante. E tenho certeza que vai ter gente xingando, resmungando, mas o fato é que o show engessado com mil trocas de roupa não funciona muito bem. Especialmente para um público como o brasileiro, que gosta de cantar junto, se acabar, pular… Viver o show.

A “Mrs. Carter Tour” é uma superprodução e não poderia ser diferente, mas boa parte da minha frustração está no setlist. “Best I Never Had” ficou de fora e é uma pena porque é o tipo de música que faz todo mundo cantar a plenos pulmões. Leia o resto deste post

Maroon 5 divulga clipe especial com bastidores do Rock in Rio

O Maroon 5 divulgou em seu canal no Youtube um vídeo especial com os bastidores do show no Rock in Rio em setembro. O clipe ficou bem bacana e capta a energia da cidade e do show deles. Ah! Tem um plus: eu apareço tietando o Adam Levine ao final do show (procure por um pontinho amarelo correndo) rsrsrs

Rock in Rio 2011: Katy Perry arrebata o público no primeiro dia

Katy Perry foi de longe o melhor show do primeiro dia de Rock In Rio. Eu explico por que neste post.

Quando soube que ela viria para cantar na mesma noite da Rihanna, comemorei muito porque há algum tempo que eu queria ver Mrs. Perry ao vivo. Me lembro de que vários amigos estavam muito mais animados por causa da caribenha.

Por tudo que eu já tinha visto de Rihanna cantando ao vivo na TV minhas expectativas eram bem baixas. Eu queria mesmo era pular com Katy. Mas Rihanna chegou ao Brasil causando, tendo seu show em SP superelogiado pelos jornais, um setlist maior para o RiR e eu comecei a achar que ela poderia ser a grande atração da noite.

Porém, o que se viu no Palco Mundo foi bem diferente. Katy chegou do alto cantando “Teenage Dream”, hit no mundo e no Brasil- vale lembrar- mas a galera ainda não parecia tão empolgada. Mais ao fundo, onde eu estava, ouvi coisas do tipo “Quem é essa?” (vindas de uma galera mais velha que deveria estar ali pelo Elton), “Prefiro a Rihanna” e “Quero mesmo é ver RiRi”.

Só que Katy estava disposta a conquistar a Cidade do Rock uma música de cada vez.  Mesmo que isso a matasse de cansaço. Já em “Waking Up in Vegas”, segunda música, ela foi tomada pela empolgação e o público conseguiu ouvir o momento em que Katy perdeu o fôlego. Ao longo da noite isso se repetiu algumas vezes e no quesito voz ela não aguentou bem até o final, mas cantou TU-DI-NHO. Não teve playback em nenhum momento. Duvida? Assista o show na íntegra no YouTube e comprove você mesmo.

Com muitos berros de “Rioooo” e “Sing it”, brincadeiras (quem vai esquecer do Julio, de Sorocaba?), trocas de roupa e muita interação com o público (teve até momento “vou pra galera”) , ela cativou os presentes. Segura, ela comandou o público e evitou até as vaias que se iniciaram quando disse que também dedicava “Thinking of You” aos argentinos: “Não, não. Só amor”. Pronto. Todos quietos para ouvi-la novamente.

Em “Hot ‘n’ Cold”, o Rock in Rio era dela de vez. E foi nesse ritmo de alegria até o final com “California Gurls”. Quem queria muito ver Katy, saiu feliz da vida. Quem não sabia o que esperar dessa californiana ousada, foi arrebatado com tanta empolgação. Como não pude conferir o show completo que rolou em SP, só me resta lançar a campanha: #voltakaty.

%d blogueiros gostam disto: