Rock in Rio 2013: Funk salva o show de Beyoncé

imageEu não pensei que fosse dizer isso alguma vez em minha vida, mas o show de Beyoncé no Rock in Rio foi decepcionante. E tenho certeza que vai ter gente xingando, resmungando, mas o fato é que o show engessado com mil trocas de roupa não funciona muito bem. Especialmente para um público como o brasileiro, que gosta de cantar junto, se acabar, pular… Viver o show.

A “Mrs. Carter Tour” é uma superprodução e não poderia ser diferente, mas boa parte da minha frustração está no setlist. “Best I Never Had” ficou de fora e é uma pena porque é o tipo de música que faz todo mundo cantar a plenos pulmões. Fui a dois shows da turnê “I Am…” e me lembro de sair acabada de tanto pular e dançar depois das apresentações. Quando Beyoncé não estava arrasando nos vocais, estava fazendo todo mundo se divertir e se emocionar. Escrevi aqui mesmo, neste humilde blog, que ela era uma diva encantadora. Senti falta desse lado dela.

E não é que eu acredito que a cantora tenha ficado antipática, mas o lado diva toma conta desta nova turnê e com um setlist com menos hits (o álbum “4” não produziu muitos, né?) o show acaba ficando chato. Quando você começa a se empolgar, opa!, lá vem mais uma troca de roupa e na volta, ops!, não é “Video Phone” ou “Survivor” que estão tocando. Ficava a impressão de que a espera não valia a pena.

Mas nem tudo estava perdido e ela voltou ao palco para o bis de shortinho jeans para enfim se despir da Mrs. Carter e ser apenas Beyoncé, aquela que se amarra num rebolado e se diverte enquanto trabalha. Ela surpreendeu o público ao dançar “Ah leleke (Passinho do Volante)”. A homenagem salvou a noite e nos lembrou que a cantora não precisa de muito para contagiar a todos.

Quando Beyoncé veio ao Brasil pela primeira vez,  ela ficou hospedada em um hotel em Ipanema, Zona Sul do Rio. Acordava e ia descabelada e de pijama para varanda ver o mar e dar tchauzinho para os fãs. É assim que prefiro ela: uma diva com um quê de vida real, próxima, e segura para se mostrar ao público como ela é. Beyoncé tem talento suficiente para não precisar de truques, basta um shortinho jeans.

Anúncios

Sobre Tati Regadas

Jornalista, viciada em séries e cultura pop.

Publicado em 17/09/2013, em Beyoncé, cantora, música, show e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: