Macklemore e Ryan Lewis, os caras que estão roubando a cena do hip-hop

2602599-Macklemore-617-409

Macklemore (à esquerda) e Ryan Lewis: os caras

Macklemore e Ryan Lewis são uma dupla diferente de tudo que você já ouviu por aí. Os caras de Seattle, nos EUA, fazem um hip-hop novo ( e indie!), que não tem medo de tocar em alguns assuntos não muito comuns ao gênero, como o casamento gay, por exemplo. Além disso, seu primeiro hit, “Thrift shop” faz uma crítica divertida à mania de ostentação dos rappers: “Cinquenta dólares por uma camiseta? Eu chamo isso de ser enganado por um negócio”, diz a letra.

Em “Same Love”, que eles cantam em parceria com Mary Lambert, uma cantora de Seatlle, Macklemore fala como poucos diretamente a favor da causa gay. Criado em uma família católica, ele se viu cheio de questões quando descobriu que seu tio era gay. Anos depois, resolveu falar do assunto através da música e defender a causa. A letra é linda (o clipe também) e fala sobre o preconceito no hip-hop, as religiões que prometem uma cura e como as pessoas se tornam alheias a comentários preconceituosos: “Eu não posso mudar, mesmo se tentasse, mesmo se quisesse”, diz o refrão. ❤

Macklemore, cujo nome na certidão é Ben Haggerty, é quem canta e geralmente escreve as músicas. Ryan Lewis é o produtor musical e diretor criativo e , apesar de sempre aparecer ao lado de Macklemore, é o menos estrela da dupla.

Eles se conheceram em 2009 através do MySpace, quando Ben já tinha feito algumas investidas na carreira, mas sem muito sucesso. Ryan começou fotografando Ben para seus álbuns e com o tempo a parceria se expandiu. Os dois se especializaram em divulgar o seu trabalho na internet e criaram uma base de fãs boa. Um ano depois já estavam fazendo shows com a lotação esgotada.

Assinaram com um agente, mas não com uma gravadora. O empresário garantiu que eles mantivessem uma boa agenda de shows sem dar passos largos demais: “Nunca os coloquei para se apresentar num espaço em que não lotaria”, explica Zach Quillen. Ele também encorajou os dois a criarem seus próprios vídeos.

Deu certo. O vídeo de “Thrift Shop” teve mais 4 milhões de visualizações em um mês. E o visual não tem nada de caseiro, eles sabem o que estão fazendo. Macklemore é formado em marketing e eles passam bastante tempo pensando em sua estratégias.

O álbum “The Heist” foi lançado em 2012 e atingiu o primeiro lugar da Billboard e do Itunes sem o apoio de nenhuma grande gravadora ou grande estratégia de promoção. Para a edição deluxe do CD, eles criaram um box especial com cards que trazem o trabalho de 18 artistas: um para cada música do álbum. Além disso, eles explicam em um vídeo (bem convincente) a importância de se valorizar o trabalho do artista e de todos envolvidos em criar um álbum.

Atualmente, eles ainda são os responsáveis por praticamente tudo envolvendo sua carreira e seguem sem gravadora, contando com a ajuda de uma pequena equipe. Eles não são contra assinar um contrato do tipo, só acreditam que ainda não chegou seu momento e preferem seguir no comando de tudo até onde der.

No VMA, eles levaram três prêmios. E parece que estão só começando.

Anúncios

Sobre Tati Regadas

Jornalista, viciada em séries e cultura pop.

Publicado em 26/08/2013, em cantor, música e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: