Reality Shows: escolha o seu e assista sem culpa!

O primeiro post do ano vai ser dedicado aos reality shows nossos de cada dia! Zapeando os canais outro dia, eu me deparei com mais uma peróla televisiva: o reality metido a “O diabo veste Prada”, “Stylista”. O programa, que mostra uns jovens muito nada haver tentando uma vaga na “Elle”, é bem fraco, mas lá estava eu sentada acompanhando os dois episódios seguidos que passaram no Sony.

Sei lá por quê, reality shows sempre me prendem. Pode ser de qualquer coisa: culinária, moda, design, garotas bonitas e meninos nerds, patricinhas com vidas luxuosas, gordinhos tentanto emagrecer, aspirantes a cantores… You name it!

Para aumentar meu desejo de escrever sobre o assunto ainda recebi por email um release do GNT sobre o mais novo programa do canal. Adivinha? Um reality show chamado “Meu filho é uma estrela”. Porém, acho que pela primeira vez o tema não me agradou: pais competindo com seus filhos para ver quem será a próxima celebridade mirim. Oh really??? A TV chegou a esse ponto? E olha que eu não sou do tipo mala que acha que TV tem que ser para fins educativos e blá, blá, blá…mas uma competição para ver quem será a próxima Paris Hilton mirim é muito triste.

Anyway… (precisava desabafar!). Podemos considerar que o pioneiro foi o “The real world” da MTV americana que estreou em 1992 (Adorava! Para mim, a melhor edição foi a do Havaí em 1999). Quem não se lembra da frase da abertura: “When people stop being polite and start getting real”?A partir de 2000, rolou o boom dos reality shows com a criação do Big Brother pelo holandês John de Mol (detentor do formato que conhecemos). A ideia deu tão certo que o programa tem edições em 43 países diferentes e ajudou a inspirar diversos outros reality shows. Com um pouco de criatividade e algum dinheiro, as emissoras de TV mundo à fora começaram a inventar.

Dentre os meus preferidos (entenda os que eu de fato acompanho ou pelo menos tento) estão:

-“Project Runway”: A soma Tim Gunn + Heidi Klum+ candidatos com egos gigantes é perfeita!
-“America’s Next Top Model”: Várias mulheres morando juntas e vendo quem sai melhor na foto. Não podia dar errado (a versão brasileira não conta…).
-” Beauty and The Geek”: lindas meninas ‘ensinando’ nerds a serem pegadores e eles retribuindo o carinho ensinando…hum qq coisa! ( A foto lá do início é da terceira temporada. Na minha opinião a melhor, até romance teve. So cute!)
-” American Idol”: Calouros bizarros, juízes que se acham e 12 talentos perdidos. Preciso falar mais nada.
-“Big Brother Brasil”: 15 aspirantes a subcelebridade disputando o prêmio de R$ 1 milhão e morando numa casa sem televisão. É só escolher o seu favorito e relaxar no sofá!

Quanto ao resto, eu me reservo o direito de ver só de vez em quando, ok? Afinal, a maior parte do meu tempo de TV é dedicada às séries. Então escolha o reality que te faz bem e divirta-se sem culpa!

Anúncios

Sobre Tati Regadas

Jornalista, viciada em séries e cultura pop.

Publicado em 07/01/2010, em reality show, séries, televisão. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: